Exposição de desenhos Traços do Sertão


A exposição de desenhos “Traços do Sertão”, de autoria do artista Gildemar Sena, foi aberta ontem (26) no Campus Senhor do Bonfim (BA), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). As obras expostas são desenhos feitos com a técnica bico de pena que retratam o cotidiano do sertanejo. A exposição é gratuita e está aberta para toda a comunidade. A abertura da exposição aconteceu às 19h com uma palestra no auditório do campus.

A mostra é composta por 30 obras coloridas e em preto e branco que, além do dia a dia do homem do sertão, mostram paisagens naturais da caatinga, o universo do cangaço e as catadeiras de umbu. Todos os desenhos são inspirados na cidade de Uauá (BA), que foi cenário da Guerra de Canudos e do cangaço, e onde Gildemar Sena, natural de Juazeiro (BA), mora e faz seu trabalho artístico há mais de 40 anos. A exposição estará em cartaz até o dia 17 de abril.

O evento faz parte do Projeto Artes Visuais Integradas e Exposições Alternativas promovido pela Diretoria de Arte, Cultura e Ações Comunitárias (DACC) da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Univasf. A exposição “Traços do Sertão” foi apresentada no prédio da Reitoria, no Campus Sede, em Petrolina (PE), no final do ano passado entre.

Confira as fotos: